Ganhamos a Batalha, Não a Guerra!

Nessa matéria trouxe a tona um debate sobre codigo e comunidade, o cerne atacado na matéria, é a subdivisão extensiva e obsessiva, pela briga de egos de técnicos que querem ser os próximos Peter Punks da vida, a divisão dos projetos novos pequenos que surgem que nunca haverão de ganhar o espaço do que havia antes, e sim deixar uma brecha para que seja explorada por empresas de má-fé, e não to falando apenas da Janela.

Sinceramente, concordo discordando da afirmação, eu não acho que os vários sabores de Gnu/Linux são um problema, pois o que muda é só a a fusão de software por cima de uma distro mãe, então, que venha a distro “zé xinbinha da esquina” ou a distro “melhor cachorro quente de osasco”. Acredito que nossos maiores problemas são projetos de fornecedores de código que tentam, remover o que já existe para aquilo que na utopia da empresa é melhor; Aqui cito o Unity da Canonnical, que invés de colaborar com o fonte, quis ser dona de uma nova interface (claro que não podemos esquecer da estratégia de mercado deles que é até válida, mesma cara no celular, tablet e PC), mas não seria melhor, ter introduzido todo esse código dentro da comunidade? Criar uma versão Gnome Para mobile? Em minha ignorância, eu acredito que esse seria o melhor caminho.

Mas vamos lá, vocês acham que Distros Gnu/Linux é o problema?, Na minha visão não, o problema pra mim é o SYSTEMD, vamos agora causar fúria nos olhos do pessoal da Red-hat.

Sim estamos em um mundo capitalista, e em nosso modelo de comunidade, ninguém trabalha gratuitamente, mas sério, quem aqui acha que ter um banco de dados, salvando log em BLOB, é realmente útil?. Para mim é um exemplo de poder de uma empresa, com capital, agindo de má-fé, forçando o ideal dela (nossa igual a Canonnical, estou pasmo), empurrando goela abaixo das comunidades, afinal, não suportando outros Sistemas Operacionais, apenas Gnu/Linux, dividindo, dividindo, centralizando, controlando. Lembrem-se dos debates sobre o systemd, até colocaram assassinos pro desenvolvedor… sério, um projeto tão expansivo que parece outro sistema operacional dentro do sistema operacional…, um cado centralizador… até demais. E sim temos que ter uma alternativa atual para o SystemV, mas que não venha com óleo de cobra, e anzol, e isso aparenta ser o caso do SystemD, quando fisgarem, vai doer o beiço de muita gente.

Um grande projeto de sucesso ao meu ver, é o LibreOffice, por anos os desenvolvedores foram sufocados, as vezes até silenciados no antigo OpenOffice (BrOffice no Brasil), mas quando a Oracle comprou a Sun, a comunidade se mexeu, formando a TDF e o LibreOffice, que hoje faz 6 anos desse projeto, lindo, funcional, maravilhoso e glorioso (Fãn boy do LibreOffice Assumido!) , onde nem pode ser considerado um FORK, já que o projeto Original ficou até sem desenvolvedor, e a TDF nada abraços largos. A reposta da Oracle qual foi? Assumir que perdeu, e incentivar o LibreOffice? Não, ela simplesmente mantem o OpenOffice pela Apache Fundation

Estamos sim sufocador, vejo em novos companheiros de trabalho, que toda a filosofia do Gnu vem desparecendo, e apenas o OpenSource é levado em conta. Chegamos ao ponto, que projetos de Software Livre, ficarão tão bons, tão foda, tão maravilhoso, que as empresas abraçaram a causa, e toda empresa por sua natureza é controladora, elas nos empregaram, depois nos limitam no que podemos trabalhar, nos dizem como devemos trabalhar.

Agora, o próximo passo é travar uma batalha para sufocar o grito filosófico dos projeto,s abraçando o OpenSouce e esquecendo do SoftwareLivre, e formando profissionais com essa visão, estão atacando na formação de profissionais, para na frente darem o bote e tentarem de novo proprietarizar (essa palavra existe? ) novamente, de uma maneira suave e sem conflito, afinal, todos temos que pagar nossas contas (visão do fim do mundo de um paranoico, leve em consideração se for paranoico tambem).

O SoftwareLivre venceu a batalha, e agora as empresas que perderam, vão em técnica de gerrilha minar a estrutura do SoftwareLivre, e sua principal arma é o OpenSource.

E se você, tem duvida, que o software livre ganhou, estamos em época de Linux em Janela, de BASH na JANELA, até com AWK.

 

Link que vale a pena

https://openoffice.apache.org/get-involved.html

http://www.libreoffice.org/community/get-involved/

http://www.pcworld.com/article/2841873/meet-systemd-the-controversial-project-taking-over-a-linux-distro-near-you.html

https://wiki.debian.org/Debate/initsystem/systemd

Quebrando a Corrente, bye bye facebook

A rede social é a comunicação entre os seres humanos não uma empresa específica ou uma ferramenta. O Facebook é uma ferramenta para interatividade, apenas e somente isso.

Com as novas mudanças em sua politica de uso, fica claro sua ambição de ser centralizadora. A “sua timeline” logo será uma tela de televisão, pois tudo que o que for divulgado será decidido pelos algorítimos da ferramenta, por tanto da empresa e dos interesses da mesma.

Tanto poder para uma espécie de “Inteligência Artificial”, apenas lógico e não emocional… nada coerente com o fato de tratar diretamente com sentimentos, relações inter pessoais e emoções. Não vejo sentido em sermos tratados como p1 e p2 de um perceptron(piada técnica).

Porem, não é apenas o fato de tratar a “minha timeline” com seus algoritmos, o que mais me preocupa nessa rede social e na verdade em todas empresas de T.I., é a centralização, o acumulo de informação e o poder que disso pode se extrair, voltaremos a era do feudalismo, o feudalismo digital?

Centralização não é democrática, ela é hierárquica e autoritária, é oposta ao espírito de liberdade que nasceu na internet, ela é contra todas nossas conquistas e ela é aliada de projetos da NSA, GCHQ, Golden Shielde outros que ainda não vieram ainda a tona.

Com sua nova politica de uso, que serão vigentes a partir de 1 de janeiro de 2015, não existe mais privacidade, apenas centralização, controle e provavelmente manipulação, essa que começou em 2012.

Me pergunto, o que mais terá por baixo do pano que não veio para superfície?… Eu Paranoico? Avisando que eue outros malucos, infelizmente, estávamos certo sobre a NSA…

Sigo a teoria do enxameao qual assisti no programa Café Filosófico com Augusto de Franco (Link Abaixo). Desejo que a febre do Facebook se torne como a febre do Orkut, que o enxame migre. Só espero que a migração para longe do Facebook se torne mais robusta e consciente, seja um não para a centralização e o acumulo de poder… um não para manipulação!

Então alguém deve ser perguntar “Para onde ir?”, primeiro, você não precisa de uma rede social para viver, a rede social é uma ferramenta de interação entre pessoas, APENAS uma FERRAMENTA, mas enfim, se quer algo no conforto do seu celular e de seus equipamentos eletrônicos, recomendo grandiosamente Diaspora, essa nasceu descentralizada, no berço da DISTRIBUIÇÃO.

Não temo um mundo conectado e interativo, pelo contrário acredito que esse é o caminho para novas conquistas sociais, tecnológicas, em todas as áreas do conhecimento humano. Mas não acredito nessa empresa que nos transforma em sumo do seu produto… Por isso quebro essa corrente e vou buscar novos horizontes, para minha interação.

Ainda mantenho essas ferramentas:

Twitter: oicreal

email(por enquanto ainda uso gmail): laercio.tardochi@gmail.com

Novo horizonte, Diaspora: Oicreal

Ainda mantenho essas ferramentas:

Twitter: oicreal

email(por enquanto ainda uso gmail): laercio.tardochi@gmail.com

Novo horizonte, Diaspora: Oicreal

 

Links

https://search.wikileaks.org/search?q=NSA

http://www.tecmundo.com.br/facebook/58412-facebook-manipulou-feed-noticias-usuarios-realizacao-de-estudo.htm

http://www.cpflcultura.com.br/wp/2014/05/05/viver-em-rede-e-viver-da-rede-com-augusto-de-franco/

 

Obrigado!!

Minha esposa, pela primeira revisão

kkkau, pela segunda

E a minha filha pela paciencia dela :)

 

Extra:

Uma amostra do diaspora para vcs.

diaspora