Ganhamos a Batalha, Não a Guerra!

Nessa matéria trouxe a tona um debate sobre codigo e comunidade, o cerne atacado na matéria, é a subdivisão extensiva e obsessiva, pela briga de egos de técnicos que querem ser os próximos Peter Punks da vida, a divisão dos projetos novos pequenos que surgem que nunca haverão de ganhar o espaço do que havia antes, e sim deixar uma brecha para que seja explorada por empresas de má-fé, e não to falando apenas da Janela.

Sinceramente, concordo discordando da afirmação, eu não acho que os vários sabores de Gnu/Linux são um problema, pois o que muda é só a a fusão de software por cima de uma distro mãe, então, que venha a distro “zé xinbinha da esquina” ou a distro “melhor cachorro quente de osasco”. Acredito que nossos maiores problemas são projetos de fornecedores de código que tentam, remover o que já existe para aquilo que na utopia da empresa é melhor; Aqui cito o Unity da Canonnical, que invés de colaborar com o fonte, quis ser dona de uma nova interface (claro que não podemos esquecer da estratégia de mercado deles que é até válida, mesma cara no celular, tablet e PC), mas não seria melhor, ter introduzido todo esse código dentro da comunidade? Criar uma versão Gnome Para mobile? Em minha ignorância, eu acredito que esse seria o melhor caminho.

Mas vamos lá, vocês acham que Distros Gnu/Linux é o problema?, Na minha visão não, o problema pra mim é o SYSTEMD, vamos agora causar fúria nos olhos do pessoal da Red-hat.

Sim estamos em um mundo capitalista, e em nosso modelo de comunidade, ninguém trabalha gratuitamente, mas sério, quem aqui acha que ter um banco de dados, salvando log em BLOB, é realmente útil?. Para mim é um exemplo de poder de uma empresa, com capital, agindo de má-fé, forçando o ideal dela (nossa igual a Canonnical, estou pasmo), empurrando goela abaixo das comunidades, afinal, não suportando outros Sistemas Operacionais, apenas Gnu/Linux, dividindo, dividindo, centralizando, controlando. Lembrem-se dos debates sobre o systemd, até colocaram assassinos pro desenvolvedor… sério, um projeto tão expansivo que parece outro sistema operacional dentro do sistema operacional…, um cado centralizador… até demais. E sim temos que ter uma alternativa atual para o SystemV, mas que não venha com óleo de cobra, e anzol, e isso aparenta ser o caso do SystemD, quando fisgarem, vai doer o beiço de muita gente.

Um grande projeto de sucesso ao meu ver, é o LibreOffice, por anos os desenvolvedores foram sufocados, as vezes até silenciados no antigo OpenOffice (BrOffice no Brasil), mas quando a Oracle comprou a Sun, a comunidade se mexeu, formando a TDF e o LibreOffice, que hoje faz 6 anos desse projeto, lindo, funcional, maravilhoso e glorioso (Fãn boy do LibreOffice Assumido!) , onde nem pode ser considerado um FORK, já que o projeto Original ficou até sem desenvolvedor, e a TDF nada abraços largos. A reposta da Oracle qual foi? Assumir que perdeu, e incentivar o LibreOffice? Não, ela simplesmente mantem o OpenOffice pela Apache Fundation

Estamos sim sufocador, vejo em novos companheiros de trabalho, que toda a filosofia do Gnu vem desparecendo, e apenas o OpenSource é levado em conta. Chegamos ao ponto, que projetos de Software Livre, ficarão tão bons, tão foda, tão maravilhoso, que as empresas abraçaram a causa, e toda empresa por sua natureza é controladora, elas nos empregaram, depois nos limitam no que podemos trabalhar, nos dizem como devemos trabalhar.

Agora, o próximo passo é travar uma batalha para sufocar o grito filosófico dos projeto,s abraçando o OpenSouce e esquecendo do SoftwareLivre, e formando profissionais com essa visão, estão atacando na formação de profissionais, para na frente darem o bote e tentarem de novo proprietarizar (essa palavra existe? ) novamente, de uma maneira suave e sem conflito, afinal, todos temos que pagar nossas contas (visão do fim do mundo de um paranoico, leve em consideração se for paranoico tambem).

O SoftwareLivre venceu a batalha, e agora as empresas que perderam, vão em técnica de gerrilha minar a estrutura do SoftwareLivre, e sua principal arma é o OpenSource.

E se você, tem duvida, que o software livre ganhou, estamos em época de Linux em Janela, de BASH na JANELA, até com AWK.

 

Link que vale a pena

https://openoffice.apache.org/get-involved.html

http://www.libreoffice.org/community/get-involved/

http://www.pcworld.com/article/2841873/meet-systemd-the-controversial-project-taking-over-a-linux-distro-near-you.html

https://wiki.debian.org/Debate/initsystem/systemd

Atheros

Atheros-Shit

Estamos aqui para, novamente enfrentar mais um problema Classico e velho do Software LIvre, os malditos driver proprietários… Opa mas espera antes de vocês reclamarem, o problema NUNCA será o software livre, e sim a propriedade de sobre o software que impede que as coisas funcionem claramente no Linux, por muito tempo tivemos problemas com os Drivers da BROADCOM, (eu mesmo aprendi a compilar o driver e arrumar o fonte pra funcionar em kernels atuais), poré depois da Brodcom ter estabilizado, o que nossa fornecedora de noteboks DELL apronta?? Muda o driver pra porcaria da Artheros, que vai saber o porque, essa empresa MUI solicita, nem disponibiliza o fonte para compilar, e quando vamos no site , dessa empresa MUI amiga, claramente ela diz “Não distribuimos os drivers, ele vai junto com compra do equipamento e blablabl”… Que em bom português chulo de buteco é… “FODAM-SE VOCES que gostam de liberdade, tamo cagando proceis”. Mas como nem tudo esta perdido, exite um capeão, Fabian Olesen que vems pra nos salvar, e disponibiliza os binarios funcionais em seu site GIT. Então vamos pao procedimento KIBADO do fórum do ArchLinux que por sua vez foi Kibado de um fórum do Ubuntu.

Resumo do procedimento: Basta renomear e criar um diretorio, copiar os driver pra dentro , dar permissão de execução e ser feliz.

  1.  #cd /lib/firmware/ath10k/QCA6174/hw3.0/
  2.  #mv hw3.0/ hw3.0_old
  3.  #mkdir hw3.0
  4.  #wget https://github.com/FireWalkerX/ath10k-f … n?raw=true
  5.  #mv <Nome estranho que o arquivo pode vir > board-2.bin
  6.  #wget https://github.com/FireWalkerX/ath10k-f … n?raw=true
  7.  #mv <Nome estranho que o arquivo pode vir > firmware-4.bin

Hoje no dia Sex Jun 17 21:51:31 BRT 2016 tive que adicionar mais uma cosita , fiz uma copia do arquivos sem o -bin ficou assim:

board-2.bin  board.bin  firmware-4.bin  firmware.bin

  1. #chmod +x *
  2. #reboot
  3. #pacman -S be-happy (Isso é zueira)

Ps: m eu sistema Linux alice-work 4.6.2-1-ARCH #1 SMP PREEMPT Wed Jun 8 08:40:59 CEST 2016 x86_64 GNU/Linux

Kibado daqui: https://bbs.archlinux.org/viewtopic.php?id=208874

 

PS: apos atualização de kernel, o placa parou de funcionar, então segue os passos que fiz pra voltar a funfar.

————————- Atualização 16/08/2016——————————————————–

Clonei todo o o git do kvalo, baixei no modo noob via HTTP mesmo, descompactei em qualquer lugar do meu host, então, renomeei todo diretorio ath

#mv  /lib/firmware/ath10k/  /lib/firmware/ath10k_naoescaneia/

copiei todo diretorio do kavalo pra ath

#cp -rvf /home/ltardochi/Downloads/ATH/ath10k-firmware-master_kavalo/  /lib/firmware/ath10k

#chmod 775 -R /lib/firmware/ath10k

E ai minha wireless passou a funcionar, nota importante é que eu tambem instalei um pacote pacman -S crda

Bom fica a dica ae,  tentei sem instalar o pacote se não funcionar instale o pacote e descompente a opção do BR no arquivo de conf
#vim /etc/conf.d/wireless-regdom

Dae passou a funfar saporra!

 

ps; Kibado daqui: https://bbs.archlinux.org/viewtopic.php?id=204871

Quebrando a Corrente, bye bye facebook

A rede social é a comunicação entre os seres humanos não uma empresa específica ou uma ferramenta. O Facebook é uma ferramenta para interatividade, apenas e somente isso.

Com as novas mudanças em sua politica de uso, fica claro sua ambição de ser centralizadora. A “sua timeline” logo será uma tela de televisão, pois tudo que o que for divulgado será decidido pelos algorítimos da ferramenta, por tanto da empresa e dos interesses da mesma.

Tanto poder para uma espécie de “Inteligência Artificial”, apenas lógico e não emocional… nada coerente com o fato de tratar diretamente com sentimentos, relações inter pessoais e emoções. Não vejo sentido em sermos tratados como p1 e p2 de um perceptron(piada técnica).

Porem, não é apenas o fato de tratar a “minha timeline” com seus algoritmos, o que mais me preocupa nessa rede social e na verdade em todas empresas de T.I., é a centralização, o acumulo de informação e o poder que disso pode se extrair, voltaremos a era do feudalismo, o feudalismo digital?

Centralização não é democrática, ela é hierárquica e autoritária, é oposta ao espírito de liberdade que nasceu na internet, ela é contra todas nossas conquistas e ela é aliada de projetos da NSA, GCHQ, Golden Shielde outros que ainda não vieram ainda a tona.

Com sua nova politica de uso, que serão vigentes a partir de 1 de janeiro de 2015, não existe mais privacidade, apenas centralização, controle e provavelmente manipulação, essa que começou em 2012.

Me pergunto, o que mais terá por baixo do pano que não veio para superfície?… Eu Paranoico? Avisando que eue outros malucos, infelizmente, estávamos certo sobre a NSA…

Sigo a teoria do enxameao qual assisti no programa Café Filosófico com Augusto de Franco (Link Abaixo). Desejo que a febre do Facebook se torne como a febre do Orkut, que o enxame migre. Só espero que a migração para longe do Facebook se torne mais robusta e consciente, seja um não para a centralização e o acumulo de poder… um não para manipulação!

Então alguém deve ser perguntar “Para onde ir?”, primeiro, você não precisa de uma rede social para viver, a rede social é uma ferramenta de interação entre pessoas, APENAS uma FERRAMENTA, mas enfim, se quer algo no conforto do seu celular e de seus equipamentos eletrônicos, recomendo grandiosamente Diaspora, essa nasceu descentralizada, no berço da DISTRIBUIÇÃO.

Não temo um mundo conectado e interativo, pelo contrário acredito que esse é o caminho para novas conquistas sociais, tecnológicas, em todas as áreas do conhecimento humano. Mas não acredito nessa empresa que nos transforma em sumo do seu produto… Por isso quebro essa corrente e vou buscar novos horizontes, para minha interação.

Ainda mantenho essas ferramentas:

Twitter: oicreal

email(por enquanto ainda uso gmail): laercio.tardochi@gmail.com

Novo horizonte, Diaspora: Oicreal

Ainda mantenho essas ferramentas:

Twitter: oicreal

email(por enquanto ainda uso gmail): laercio.tardochi@gmail.com

Novo horizonte, Diaspora: Oicreal

 

Links

https://search.wikileaks.org/search?q=NSA

http://www.tecmundo.com.br/facebook/58412-facebook-manipulou-feed-noticias-usuarios-realizacao-de-estudo.htm

http://www.cpflcultura.com.br/wp/2014/05/05/viver-em-rede-e-viver-da-rede-com-augusto-de-franco/

 

Obrigado!!

Minha esposa, pela primeira revisão

kkkau, pela segunda

E a minha filha pela paciencia dela :)

 

Extra:

Uma amostra do diaspora para vcs.

diaspora

Em era de Prisma e Mosaico

Vivemos hoje na era do vigilantismo na internet, e enquanto Snowden busca abrigo na Rússia nosso governo junto com a ABIN gera mais um #fail.
Mas oquequeotenhiavercomisso? Afinal o que o Obama vai querer ler aquelas poesias de quando eramos adolescentes? O que eu tenho a perder, se o governo de qualquer pais ler meu e-mail?. É exatamente assim, que eles querem pois você tem tudo a ver co isso sim.
Esqueça a quantidade de constituições feridas, acordos internacionais, soberanias de países… mas o último tudo bem, afinal soberania é coisa do Kim Jong-un não é?
Então vamos deixar claro, para nós pequenos humanos brasileiros, que só sabem entender um problema, quando afeta nosso bolso ou nosso ego.
Imagine, numa quinta-feira a noite, aquela fome, e aquela preguiça de ir pro fogão, clima agradável, e em todos os cantos de sua casa, você escuta… “pizza pizzza”, quase um desejo fantasmagórico, nada mais justo que atender esse desejo, e pedir uma pizza., certo? Agora imagine esse dialogo:
– Pizzaria DonALGUMACOISAITALIANO, pois não?
– Bom dia, sou o Zè da silva, gostaria de uma pizza meia Baiana, e meia calabresa
– Pois não senhor, informe seu numero de telefone.
– Meu telefone é… XX-XXXX-XXXX
– Senhor Zé da Silva, perdoe-me mas não posso te vender pizza Baiana.
– Mas o que? Porque não pode me vender?
– Vimos aqui no sistema, que você foi a um Proctologista, e seu exame deu Hemorroidas.
– Mas como? Nem eu sei o resultado do Exame.
– Nos pagamos a mensalidade Gold do Software AnalictsClient, como esse o plano temos acesso em tempo real aos sistemas de vinculados a clientes de todo território nacional.
– Hann…, mas meu médico disse que o exame ia demorar 2 semanas pra ficar pronto. Poderia me mandar o resultado do exame?
– Não podemos senhor, a política de contrato (EULA) que assinamos não nos permite enviar informações dos clientes para terceiros, nem que seja o terceiro o próprio cliente. E pela demora do resultado de exame, seu medico deve pagar o plano bronze do Clinical Medical Center Software Integrado, recomendo trocar para um médico com plano Gold.
– Tudo bem então, me mande uma pizza de meio lombo canadense, e qualquer coisa sem pimenta.
– Senhor, quanto a pizza, o pagamento vai ser em Dinheiro correto?
– Não vai ser em cartão!
– Desculpe-me senhor, mas não poderá comprar sua pizza no cartão, pois vimos no sistema que está negativado no banco, e pra mostrar que gostamos do senhor como cliente, informo que vão pegar buscar volta, o veículo PéDePano com placa XXX-9999.
– Tu..tu.. tu.. tu.. tu.

Dramático não? Porém plausível.
Desde tempos memórias, quando a internet era um bebe que foi ganhando espaço como um negocio, muitos foram os profissionais que avisavam de um futuro catastrófico de controle de na internet, e esses, sempre foram chamados de Xiitas, Malucos, Insanos…. a tempo que venho tentando convencer todas pessoas próximas a usarem criptografia no e-mail e nas mensagens instantâneas, por mais singela que seja, não porque temos algo a esconder, mas para precaver seu direito básico, a integridade de suas próprias informações pessoais e principalmente sua privacidade.
Sim sim, eu sei como isso soa estranho e maluco num mundo de exploração midiática da vida privada, afinal, parece que todos querem viver num grande BigBrother. Sim eu possuo redes sociais, e sim posto fotos de minha vida privada, mas me assusto quando vejo informações sobre “O que estou comendo”, “Olhe o que estou bebendo”, “Comente sobre meu passeio”, “Olhe essa foto hilárias daquele amigo bêbado…” as redes sociais, se tornaram um depósito de “Olhe, para minha vida, e por favor diga que sou bacana”, não sei, o porquê disso, gostaria que algum sociologo pudesse esclarecer… mas isso é assunto pra outro post.

Então estamos aqui, 2013, Snowden vaza informações sigilosas, e EUA confirma monitorar TODO O MUNDO…. com a conveniência de grandes Empresas. O Brasil, que adora copiar a Estatua da liberdade, invés de procurar saber, e exigir mais informações sobre o que anda acontecendo…. da aquele jeitinho brasileiro, não dando muita bola pro assunto esperando a batata esquentar, e inicia com a ABIN o projeto MOSAICO… em outras palavras, nosso PRISMA, mas que O.R.G.U.L.H.O Imagine o impacto que pode causar nos movimentos sociais e re protesto, como esses ultimos que vimos em nosso país? “Prender preventivamente em nome da paz e dos bons costumes”, não está longe de acontecer um “Minority Report” Só que sem as tecnologias legais… . E como disse @Anuac “sim, você deve um grande pedido de desculpa, para aquele seu amigo paranoico e maluco :)”.

Mas de tudo, o que seriamente mais me assusta, a passividade, de nações de povos, principalmente de nós, Brasileiros, devemos ser o povo mais adorador de ditadoras e de falta de direitos civis, pois aqui, segue as frases que mais ouço, quando toco nesse assunto… “Quem não deve, não teme” ou “O que eu perderia, não faço nada de errado”, “Sou justo, e honesto” e a principal “Estou em sintonia com deus” (de longe essa é minha favorita). Usamos a desculpa que a ditadura enfiou na cabeça de nossos pais, mas não enfiou de maneira passiva, colocaram sobre ameaça de morte, armas na cabeça de seus filhos e, principalmente, tanto Tortura,Física quanto Mental; e o que nós fazemos? Aceitamos prontamente de bom grado, seria isso uma herança genética?

Informações pessoais hoje estão de fácil acesso, não é difícil se passar por outra pessoa com dados reais retirados de redes sociais (esse tipo de ataque é conhecido com Engenharia Social), existem softwares que simulam SMS, e software que simulam chamadas no celular, para fugir daquela reuniãozinha chata, então devemos sim nos precaver, fazer uso de assinatura digital, para provar que aquele e-mail que você enviou, foi você, para garantir a segurança dos nossos dados (já que as empresas quebram contratos de EULA mais fácil que usuários), e fazer nosso direito de consumidor, afinal, o Governo do EUA, não garantiu a integridade de nossos dados, porém, prestadores de serviço de e-mails, conversas instantâneas, esses assinaram um contrato, e o quebraram.

Então pergunto, pra onde vamos com o andar da carruagem? Vamos para um brasil que 1984 deixou de ser um livro de alerta, e virou uma cartilha? Para o conto de Azimov (que virou o filme Minorty Report).
Se tiver interessado deixo aqui linkado alguns textos que fazem parte, direta ou indiretamente desse post.

Jogaram PRISM no ventilador – http://www.trezentos.blog.br/?p=7960

Manifestos e nada mais! – http://www.trezentos.blog.br/?p=7970

2015 Internet Capturada – http://www.trezentos.blog.br/?p=7640

Historia da Pizza – Infelizmente não me recordo de onde li algo semelhante, se alguém tiver, por favor avise

Adendo, li na Revista Espirito livre, que o Ministro das Comunicações nacional, achou insuficiente a as explicações pelo EUA, e ameaça levar em corte mundial o assunto. Para mim, parece uma reposta enérgica, mas continua sendo “panos quentes”, precisamos de um plano em nivel nacional para garantir nossa segurança, e a privacidade, de nós brasileiros. (Link)

 

evil_google

Libreoffice 4.1 no Kde

Ola ola ola, to devendo coisa pra caramba para o blog hehe.

Mas vamos lá uma dica rápida de Debian7 KDE e libreoffice, da sempre problema quando queremos a ultima versão do libreoffice no nosso Debian, conseguimos instalar o dpkg mas quando levantamos o Libreoffie ele fica… todo zuado.

Para resolver isso, basta remover o ~./config/libreoffice e iniciar novamente, e com isso o libreoffice fica de aparencia mais mió de boa.

Outra dica pra KDE, é, que o libreoffice 4.1 normalmente não inicia do menu, para solucionar isso, basta remover o %U do lançador no menu do kde (botao direito no menuk, editar aplicativos) e pronto.

Vamos mantendo tudo com dica pequena até tomar vergonha na cara e escrever algo descente=P

Coisa boa no Make

Opa opa, aos pouquinhos começo postar mais por aqui.

Aqui vai ser uma dica rápida, fiz uma brincadeira em re-compilar o kernel no meu Debian Wheezy, o que encontrei voi a mágia que o comando "make install" agora faz. Ao invéz de criar o init, om initramfs, o make install ja faz tudo isso, e com grub2, ja roda o grub-mkdconfig.

Estarei tentando um pouco mais, quero compilar o 3.8 mas sempre tenho xabu com a placa wireless (mesmo com os patchs pra 3.4).

Segurança da Informação – Bolhas Wireless

Venho do interior do Estado de Sp, e por lá, vem crescendo as bolhas wireless dos municípios pequenos, isso garantiu acesso a informação e pessoas antes isoladas, eu julgo que é um passo importante para inclusão social, pois só quem morou nos interiores esquecidos dos estados, sabe o quão órfãos de cultura, somos.

Pois bem, sabemos que por hora, esta tudo tranquilo nos confins do nosso estado, mas até quando? Normalmente esses projetos de bolhas wireless, são feitos em parceria com a prefeitura e uma empresa X, por força Capitalista, os municípios não tem recursos suficientes para investir, mal se dá pra comprar uma antena para compartilhar o sinal, o que faz em resumo da opera, um serviço mediano, e esse serviço mediano, forçado pela falta de Verba e / ou pela falta de conhecimento de quem cria o servidor (nesse ultimo, assumo aqui, minha culpa em um projeto desses), NÃO EXISTE SEGURANÇA.

E isso, me preocupa, imagine esse quadro, um Hacker/Cracker/Pessoa mal Intencionado, executa em um desses municípios um ataque, que seja uni Dns Poison, e faça um ataque em bancos, não so as informações de todos munícipes, mas da prefeitura também é comprometida, e nisso teremos um grande desfalque na conta de pessoas e do município. Ou menos dramático, se esses servidores, que possui bons links, levando em conta a péssima infra-estrutura do Brasil, for usado para disseminação de virus e / ou ataques de DDos?. A culpa, é de quem? quem será responsável? A empresa que teve que vender um serviço de merda, pra poder VENDER alguma coisa e pagar seus funcionários? A prefeitura que não podia / não quis disponibilizar verba suficiente para um serviço descente?

Resumindo, irá se tornar mais um jogo de empurra empurra, forçados pela falta de organização alinhados a falta de vontade de nossos políticos. Prevejo até, essas bolhas Wireless sendo Extintas, levando um retrocesso a inclusão Digital da população.

Retro

Bom, como eu sou adepto da preguiça, não vou aqui fazer uma retrospectiva do Linux (kernel) nesse ano que esta terminando; melhor usar material direto da lnux Fundation XD.

 

Retrospectiva Linux

 

PermGem erro

Tive ums problemas esses dias no tomcat, essa tal de permGem, que parece ser um espaço reservado para o tomcat tratar as classes que ficam “forever” instanciadas.
Fiz uma pequena pesquisa na internet, como a falta de tempo vem sendo um problema cada vez mais sério na minha vida hehehe, desculpem por abordar o assunto tão pela Epiderme. A solução e mais sobre o problema tá no meu wiki. Qualquer sugestão ou duvida, deixe nos comentários.

Erro Perm Gem

Continue reading

Broadcom Patchs

Ok pessoal, ja venho sofrendo a um bom tempo com minha placa broadcom, achei na internet alguns patchs que resolvem o problema, JURO que to a mais de 30 minutos tentando achar a fonte de onde peguei os driver, como não achei vou disponibilizar eles aqui, depois, se um dia por ventura eu encontrar, referencio o cara que vez os patchs pois me ajudou muito.

Dentro do tar tem um descritivo de como aplicar os patchs, depois só seguir o procedimento do próprio driver da brodcom.

Pegue o patch Aqui:
broadcom_patch